top of page

Qual a importância dos indígenas do Brasil?

Os povos originários são aqueles que descendem dos primeiros habitantes de um lugar. No Brasil, são os indígenas, que representam cerca de 0,4% da população do país. Dados do IBGE apontam que existem, hoje, 305 etnias e 274 línguas indígenas, que se distribuem ao longo do país. Os bororos, os ianomâmi, os tupiniquins e os pataxós são alguns dos grupos que fazem parte dessa grande diversidade de povos.


(Crédito: Ricardo Stuckert)

CULTURA E LEGADO


A cultura indígena é fundamental na nossa identidade nacional. Os costumes que herdamos desses povos em nosso cotidiano são variados. Entre importantes tradições deixadas pelos índios está a culinária. O alimento de origem indígena mais utilizado em todo o Brasil é a mandioca e suas variações. O caju e o guaraná são outros bem conhecidos na mesa do brasileiro. Frutas como o cupuaçu e o açaí fazem parte da forte cultura gastronômica do norte do país.


Os conhecimentos medicinais ligados a plantas com poderes de cura de doenças servem de apoio a medicina moderna e podem servir de auxílio para combater várias enfermidades. Chás de plantas medicinais continuam sendo crenças de cura muito utilizadas, como o chá de boldo, pó de guaraná, a alfavaca e a semente de sucupira.


A influência da cultural indígena também é muito importante para a formação da língua portuguesa brasileira, que, diferentemente do idioma de Portugal, sofreu influência da língua tupi-guarani, de origem da união entre as tribos tupinambá e guarani. Palavras como tatu, mandioca, caju, carioca, pipoca, jacaré e jabuti são exemplos dessa mistura.


DIREITOS DOS INDÍGENAS


Desde a promulgação da Constituição de 1988, os indígenas têm direito à demarcação de suas terras, sendo que a obrigação dessa demarcação é do Estado brasileiro. Porém, muitos povos não têm seus direitos reconhecidos e respeitados pelo governo, e ainda não tiveram suas terras demarcadas.


Mas até os que já possuem demarcação nas terras sofrem bastante. Isso se deve ao fato de que as terras acabam sendo invadidas por garimpeiros, caçadores, pescadores e grileiros, por exemplo, grupos que procuram explorar irregularmente os recursos desses locais.


Marcha pela Esplanada dos Ministérios, em Brasília, pela demarcação de terras indígenas (Crédito: Evaristo Sá/AFP)

A invasão de terras demarcadas traz risco de morte aos indígenas, que são constantemente ameaçados pelos invasores. A ameaça à vida dessas pessoas tem sido tão grande nos últimos tempos que, pela primeira vez, a situação delas no país foi mencionada no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, como um caso de possível genocídio, por conta do aumento dos crimes contra a população indígena.

 

Junte-se ao nosso grupo de voluntários para ajudar na aldeia indígena Vari Isko, no Acre:


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentarze


bottom of page