foto LGBTQIA.jpg

LGBTQIA+

O Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ é comemorado mundialmente em 28 de junho. Ainda hoje, essa comunidade sofre com preconceito e violência em diferentes partes do mundo em menor ou maior intensidade. Apesar da lei brasileira que criminaliza a
homofobia, de 2019, ainda há muito a fazer em nosso país. Mais de 20 milhões de brasileiras e brasileiros se identificam como pessoas LGBTQIA+. De 2018 pra cá, 51% das pessoas da comunidade relataram ter sofrido algum tipo de violência motivada pela sua
orientação sexual ou identidade de gênero. Destas, 94% sofreram violência verbal. Em 13% das ocorrências as pessoas sofreram também violência física.

As mulheres trans brasileiras correm um risco 12 vezes maior de sofrer morte violenta do que em outros países. O Brasil é o país que mais mata trans e travestis no mundo. O Dia do Orgulho LGBTQIA+ tem como principal objetivo a conscientização da população
sobre a importância do combate à LGBTfobia para a construção de uma sociedade livre de preconceitos e igualitária.

A VV se uniu as ONGs “Encontro das Cores” e “Casa Nem”, que trabalham com o empoderamento de pessoas LGBTQIA+, apoio em diferentes níveis e acolhimento em casos de violência, para fazer a diferença também nessa questão tão importante.

Com a VV, você escolhe um valor e sua doação é destinada diretamente aos nossos parceiros. Você ainda recebe um relatório de impacto da ação e pode acompanhar como ela está sendo utilizada através de nossas redes sociais.

Escolha um valor e faça a diferença com a VV.

* Você pode acompanhar nossa atuação através das redes sociais da VV (@vvolunteer_br).

* Foto: Mercedes Mehling via Unsplash